Apresentação


Projeto:
“Inovação, Desenvolvimento e Comunicação para uma melhor educação nos Serviços Prisionais” – IDECOM
Este projeto é uma parceria estratégica voltada para a educação de adultos.
O patrocinador é a Comissão Europeia, programa Erasmus +.
A parceria estratégica estabelecida, é composta por oito parceiros de cinco países:
1. Prisão de Timisoara (Roménia)
2. Promoting Lifelong Learning Center Timisoara (Roménia)
3. Universidade de West de Timisoara-Centro Romena de Estudos Prisionais (Roménia)
4. Departamento das Instituições Penitenciárias (República da Moldávia)
5. Innovative Prison Systems (Just Qualify – IT Solutions and Consultancy Lda) (Portugal)
6. Tevkifevleri Genel Müdürlüğü Ve Ceza (Serviços Prisionais Turcos) (Turquia)
7. Organization of Prison and Correctional European Services (Países Baixos)
8. Universidade da Beira Interior (BSAFE LAB) (Portugal)
O objetivo do projeto IDECOM é desenvolver e implementar novos métodos de educação e formação em competências transversais do pessoal prisional.
O projeto de formação desenvolvido envolverá os funcionários nas prisões. As atividades de formação direcionarão ações para o desenvolvimento de competências transversais, bem como para a inovação, empreendedorismo, comunicação, trabalho em equipa e competências na utilização das Tecnologias da Informação e Comunicação. Estas vão estar ligadas ao trabalho quotidiano do pessoal prisional e terão como resultado atividades piloto inovadoras conduzidas por reclusos.
Período de implementação: 01.09.2014-31.08.2017
População-alvo:
Os beneficiários diretos do projeto serão 144 funcionários nas prisões da Roménia, Moldávia, Turquia e Portugal, que participarão em atividades de formação do projeto, e 160 reclusos que participarão nas atividades piloto. Os beneficiários indiretos do projeto serão os participantes dos eventos multiplicadores, ou aqueles que beneficiem do projeto aquando das atividades de disseminação dos vários parceiros.
Os produtos Intelectuais do projeto: “Análise das necessidades de formação do pessoal prisional”, o curso “Desenvolver a inovação em contexto prisional nos domínios de educação e formação”, o curso “Empreendedorismo para o pessoal dos serviços prisionais nos domínios de educação e formação profissional”, o curso “Comunicação, TIC e trabalho de equipa para o pessoal dos serviços prisionais nos domínios de educação e formação”, o Sistema Conjunto de Gestão da Aprendizagem, o Manual “Inovação em contexto prisional nos domínios de educação e formação, o Manual “Empreendedorismo para o pessoal dos serviços prisionais nos domínios de educação e formação profissional, o Manual “ Comunicação, TIC e trabalho de equipa para o pessoal dos serviços prisionais nos domínios de educação e formação” e o “Catálogo de ações inovadoras de educação e formação.